UMA GESTÃO FORA DA LEI: Prefeito Magro dá jeitinho para conceder “SUPERSALÁRIOS” aos seus amigos e comete erros grosseiros

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print

foto divulgação

Edmilson Paulo Dourado, conhecido como Paulo Fazendeiro do Mototáxis, foi nomeado no dia 1º de fevereiro como CHEFE DE ASSESSORIA (DGAS-2) – RELAÇÕES INSTITUCIONAIS da Prefeitura de Coxim, lotado no Gabinete do Prefeito.

O DGAS é de R$ 3.230 + Adicional de Dedicação Plena de R$ 1.615,12 totalizando R$ 4.845,12.

No dia 25 de fevereiro passou responder pelo TRANSPORTE da SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE PÚBLICA.

No dia 3 de maio foi exonerado do cargo. No mesmo dia foi nomeado no cargo de ASSESSOR EXECUTIVO I (DGAS-2).

Outro decreto concedeu a ele Adicional de Dedicação Plena, no percentual de 80% (Oitenta por cento), sobre a remuneração do cargo de ASSESSOR EXECUTIVO I (DGAS-2), e novamente passou a responder pelo Transporte da Secretaria Municipal de Saúde.

Acontece que, por ser amigo do prefeito Magro, fizeram uma nova nomeação, mas continua trabalhando no mesmo lugar, passa ganhar 80% de gratificação, elevando seu salário de mais de R$ 8 Mil Reais por mês, enquanto que muitos servidores qualificados com graduação e até pós graduação estão sem nenhuma gratificação.

Lembrando que ex-servidor da gestão anterior que ocupava essa mesma responsabilidade pelo Transporte da Saúde recebia um pouco mais de R$ 2 mil sem nenhuma gratificação.

Algumas perguntas são feitas por servidores concursados:

Qual a especialidade/capacidade técnica dele para ser o responsável por esse setor? Ele conhece a realidade e o cotidiano do setor? Os funcionários, os veículos, os problemas para ser resolvidos? Está certo estar lotado no Gabinete do Prefeito e ser responsável por um setor que fica a quilômetros de lá?

Ainda, a Lei é muito clara, os servidores com gratificação, não pode ter nenhum outro afazer fora da prefeitura.

Porém o site Integração MS verificou que Paulo Fazendeiro é Micro Empreendedor Individual, tem CNPJ ATIVO para atuar no comércio de roupas e de táxi.

A gratificação abre precedente para todos os outros DGAS, fato que já começou a acontecer. Muitos queridinhos do prefeito já começaram a receber adicionais.

Portanto mais um erro na gestão do prefeito Magro para ajeitar cargos com gordos salários para seus amigos enquanto os servidores concursados continuam desacreditados com as falsas promessas de valorização durante a campanha. É LAMENTÁVEL!!!

Print Friendly, PDF & Email
HIPER