*Servidores correm risco de ficar sem piso no próximo mês, porque Projeto de Lei ainda não foi enviado à Câmara Municipal*

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print

Foto divulgação: Advogado e o ex-presidente do Sindicato.

A Câmara de Vereadores de Coxim alertou o Prefeito Magro, sua equipe e o Sindicato de Servidores Municipais de Coxim (SISMNC) que ainda não recebeu o Projeto de Lei que prevê implantar o piso salarial das categorias de Agente Comunitário de Saúde, Agente de Combate de Endemias e atualização do piso nacional dos professores.

O Setor Financeiro da Prefeitura já deve estar fechando a folha deste mês e a decepção dos mais de mil servidores municipais vai ser grande e com razão, já que o Sindicato havia noticiado a implantação dos benefícios aos servidores.

Após protagonizar um histórico “Piti”, na sessão do dia 11/05, o advogado da entidade, Caio David Campos entrou com pedido de uso da Tribuna Livre da Câmara, mas o pedido foi negado pela Mesa Diretora, porque o projeto não deu entrada na Casa de Leis para tramitação.

A solicitação foi indeferida não só pela quebra das normas do regimento interno, mas por não haver matéria em trâmite relacionado ao tema proposto no pedido de Tribuna Livre.

Antes

Hoje

O advogado do sindicado por meio de grupo de whatsapp tentou fazer que os servidores fossem até a Câmara pressionar os vereadores na sessão desta terça (18/05), o que não ocorreu porque ia ficar estranho, pois além de não ter nenhum projeto, toda a diretoria do Sindicato recebeu algum tipo de benefício da Prefeitura, como cedências, gratificações e produtividades, o que tem gerado muitos questionamentos no meio dos servidores. Assim, o advogado do Sindicato SUMIU e agora estaria pedindo ‘arrego’ aos vereadores.

Na verdade, só se via o Sindicato dos Servidores defender os funcionários na gestão passada. Nessa nova gestão, como quase todos os membros da diretoria foram beneficiados pelo prefeito Magro, o Sindicato e o seu advogado sumiram da Câmara e os servidores, reclamam da nova postura do Sindicato que não mais os desmandos e até supostas perseguições do poder público aos funcionários.

Muitos servidores tem recorrido aos vereadores e também ao Site Integração MS, que abriu as portas para qualquer denúncia preservando a identidade do servidor. LAMENTÁVEL….

 

Quando os Servidores eram felizes:

Print Friendly, PDF & Email
HIPER