Santos pressiona, vence o Corinthians e dorme na liderança do Brasileirão

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print

David Nascimento

Incontestável. Com gol de Eduardo Sasha, que divide a artilharia do Campeonato Brasileiro com Gabigol, do Flamengo – cinco gols cada -, o Santos venceu o Corinthians por 1 a 0, na noite desta quarta-feira, na Vila Belmiro, na última rodada antes da paralisação da competição para a Copa América. O Peixe dominou o Timão em quase todo o jogo, levando perigo ao adversário que criou apenas no início do clássico. A vitória, por sinal, foi merecida.

Com o resultado, o Santos chegou a 20 pontos, e irá dormir na liderança do Campeonato Brasileiro – precisará torcer pela derrota do Palmeiras para o Avaí nesta quinta. Já o Corinthians ficou com 12 pontos, na décima colocação. Agora, a competição dá uma paralisada para a disputa da Copa América. O retorno está programado para julho – na oportunidade, no fim de semana dos dias 13 e 14, o Peixe visita o Bahia, enquanto o Timão recebe o CSA.

CONCENTRAÇÃO

A partida começou com os jogadores de Santos e Corinthians mostrando bastante concentração. E não demorou muito para as primeiras chances de gol serem criadas. Aos quatro minutos, foi o Peixe que tentou com Jean Lucas, após passe de Diego Pituca. O Timão respondeu aos 13, com Danilo Avelar obrigando o goleiro Everson a fazer boa defesa. Os santistas ainda arriscariam quatro minutos depois, com Jean Lucas mandando de forma rasteira.

PEIXE PRESSIONANa segunda metade do primeiro tempo, o Santos passou a pressionar o Corinthians, que criava, mas não finalizava. E com categoria e qualidade – Jean Lucas, por exemplo, deu um chapéu em Danilo Avelar aos 22 minutos. O perigo levado ao goleiro Walter ficava cada vez maior – quatro minutos mais tarde, Eduardo Sasha tentou chegar finalizando. Ainda na etapa inicial, nos lances finais, Marinho criou duas vezes. Fábio Carille, no intervalo, já via que tinha muito trabalho a fazer.

FEZ POR MERECERDepois de ter sido melhor no primeiro tempo, o Santos foi conseguir abrir o placar aos 13 minutos da etapa final, fazendo por merecer a vitória parcial. Marinho achou Diego Pituca, que mandou para Jorge. Ele passou para Soteldo, levantou para a grande área, Jorge não dominou e Eduardo Sasha, oportunista, chegou por trás para estufar as redes do Corinthians. Com maior posse de bola, o Peixe saia na frente, 1 a 0, obrigando o Timão a sair mais para o jogo. Mas o Santos não deu espaços, tendo tempo para Sasha acertar a trave nos acréscimos e quase ampliar. Vitória que o Peixe pode comemorar – e muito!

Print Friendly, PDF & Email