Queremos retomar o governo em 2022, diz presidente municipal do MDB

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print

Convenção estadual será realizada domingo, na Adepol

e

Com a convenção estadual marcada para o próximo domingo, dia 15, quando o ex-governador André Puccinelli vai passar o comando do MDB ao ex-deputado estadual Junior Mochi, o partido tem objetivos claros de disputar as eleições municipais de 2020 para se fortalecer e concorrer o governo novamente em 2022.

Segundo o presidente municipal de Campo Grande, Ulisses Rocha, o MDB segue sem candidato definido para a Capital. “Mas vamos disputar a prefeitura em Campo Grande, temos trabalhado para isso”.

Mochi disse anteriormente que não disputaria a prefeitura da Capital, assim como Puccinelli e a senadora Simone Tebet. “Temos conversado com o Mochi, eu penso que se ele fizer a opção de disputar a prefeitura de Campo Grande, vai ser ganho para cidade e podemos fazer boa disputa com ele”, disse Rocha.

Durante a semana, os dirigentes do MDB estiveram em Rio Verde e Coxim. “Nos municípios tivemos boas conversas, mas não é simplesmente candidatura pega a laço. Coxim ainda não foi definido candidato, o grupo é bom, forte e fazemos parte de grupo com mais partidos”.

Em Coxim, onde Mochi foi prefeito por dois mandatos entre 1996 e 2004, o MDB está no grupo junto com PSB, PT e PL. Além disso, a sigla tem se fortalecido para disputar as prefeituras de Dourados, Corumbá e Ponta Porã, mas nenhum nome foi antecipado. “Vamos ter grande número de prefeitos, objetivo de disputar eleições nas maiores cidades do Estado e Mochi vai conduzir junto com André”.

Ainda segundo Ulisses, lideranças emedebistas estão sendo preparadas para 2020 em 40 e 50 municípios. “Vamos atrair aliados, partidos que podem contribuir e disputar a prefeitura em 40 ou 50 cidades”.

O vereador da Capital, Dr. Loester (MDB) convidou os vereadores em sessão realizada na quinta-feira (12). “A convenção vai ser realizada no domingo, na Adepol, das 8 às 11h, onde serão tratados direcionamentos das eleições de 2020”. O vereador cogita disputar a reeleição.

Print Friendly, PDF & Email
HIPER