Polícia faz megaoperação e prende torcedores do Flamengo que planejavam invadir Maracanã na Libertadores

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print

A Polícia Civil do Rio prendeu, pelo menos, 16 torcedores do Flamengo na manhã desta terça-feira. Eles planejavam invadir o estádio do Maracanã na quarta-feira, quando o clube decide uma vaga na final da Copa Libertadores contra o Grêmio. As informações são da “TV Globo”.

As autoridades cumprem, desde a manhã, 27 mandados de prisão contra suspeitos e 89 intimações do Juizado Especial do Torcedor e dos Grandes Eventos para que os torcedores investigados não possam sequer se aproximar do perímetro do estádio durante a semifinal.

Durante a ação, duas pessoas foram baleadas, entre elas a passageira de um ônibus que passava pelo Jacarezinho, na Zona Norte, onde agentes cumprem mandados. No interior da comunidade, um homem em uma moto também foi atingido. Não há informação sobre seus estados de saúde.

A investigação monitorou redes sociais e detectou que grupos estavam se preparando para falsificar ingressos, roubar outros torcedores e invadir o estádio.

Segundo a “TV Globo”, há áudios dos suspeitos desafiando as forças de segurança e conversas em que planejavam os ataques. Em um dos grupos de troca de mensagens, havia pelo menos 150 pessoas marcando local de encontro para cometer os crimes.

De acordo com a polícia, todos os procurados são investigados por formação de quadrilha. Mais de 100 equipes da polícia dão apoio à ação que acontece na capital, Baixada Fluminense, Região dos Lagos, Região Serrana e Grande Rio.

Para o jogo, o Batalhão Especial de Policiamento de Estádio (Bepe) irá reforçar o planejamento de segurança e terá efetivo de 800 policiais. O perímetro de segurança também foi estendido no entorno do estádio.

Em 2017, na final da Copa Sul-Americana, entre Flamengo e Independiente-ARG, o Maracanã registrou uma confusão generalizada, com diversas invasões que não puderam ser contidas pelo policiamento.

Print Friendly, PDF & Email
HIPER