Ministério da Saúde autoriza MS a aumentar equipes do “Consultório na Rua”

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print

O programa conta com profissionais de 13 especialidades diferentes

Thais Libni

Mato Grosso do Sul está autorizado pelo Ministério da Saúde a ampliar as equipes do “Consultório na Rua” (eCR), programa federal focado em atender pessoas em situação de rua.

Atualmente o Estado possuí uma equipe em Campo Grande, uma em Corumbá e uma em Ponta Porã.

De acordo com a portaria, MS poderá ter até 16 equipes, sendo oito equipes em Campo Grande, duas em Corumbá, duas em Ponta Porã, duas em Dourados e duas em três Lagoas.

Caso outros municípios tenham interesse em montar suas equipes precisam realizar o credenciamento junto ao Ministério da Saúde.

As equipes são compostas por diferentes perfis profissionais, como médico, enfermeiro, psicólogo, assistente social, terapeuta ocupacional, agente social, técnico ou auxiliar de enfermagem, técnico em saúde bucal, cirurgião dentista, profissional de educação física e profissional com formação em arte e educação.

Os multiprofissionais desenvolvem ações integrais de saúde frente às necessidades dessa população.

A estratégia do Consultório na Rua foi instituída pela Política Nacional de Atenção Básica, em 2011, e visa ampliar o acesso da população em situação de rua aos serviços de saúde.

Ofertando de maneira mais oportuna, atenção integral à saúde para esse grupo populacional, o qual se encontra em condições de vulnerabilidade e com os vínculos familiares interrompidos ou fragilizados.

Print Friendly, PDF & Email
HIPER