Ibope: Odilon continua crescendo nas pesquisas e projeção é de vitória no domingo

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print

Reinaldo Azambuja, caiu de 53% para 51%, revelou o Ibope.
O candidato ao governo do Estado juiz Odilon de Oliveira continua crescendo nas pesquisas nesta reta final da campanha no segundo turno e a projeção é de vitória no domingo, 28. Depois do Ipexx, que mostrou o pedetista com 53% dos votos válidos, agora nova rodada da pesquisa Ibope/TV Morena, publicada nesta sexta-feira, 26, mostra que o pedetista saiu de 47% dos votos válidos na primeira rodada e agora tem 49%.

Já o atual governador e candidato à reeleição, Reinaldo Azambuja, caiu de 53% para 51%, revelou o Ibope. O levantamento aponta ainda que Reinaldo continua tendo a maior rejeição, com 10 pontos percentuais a mais que Odilon. O candidato governador é rejeitado por 26% dos entrevistados, contra 16% para o pedetista.

“Como já vinha dizendo desde o final do primeiro turno, as pesquisas iriam mostrar o que  tenho sentido nas ruas, na campanha corpo a corpo com o eleitor. A minha rejeição é muito menor que a apresentada e vamos vencer essas eleições, pois os sul-mato-grossenses querem voltar a se orgulharem de viver neste Estado tão rico e tão belo. Vamos construir um Mato Grosso do Sul limpo. Nosso governo terá tolerância zero com a corrupção”, reiterou Odilon.

O levantamento foi realizado entre quinta-feira, 25, e hoje e tem margem de erro de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos. Foram ouvidos 812 eleitores e a abrangência da pesquisa é para todo o Estado. Azambuja e Odilon estão empatados tecnicamente. Para calcular os votos válidos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos.

O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no 2º turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto. O nível de confiança da pesquisa é de 95%, este percentual mede a probabilidade de os resultados retratarem a realidade. A pesquisa está registrada sob os números TSE: BR-07190/2018 e o TRE: MS-09864/2018.

Votos totais
Quando se considera os votos totais, o empate técnico se mantém, considerando a margem de erro. Azambuja manteve os mesmos 48% que tinha na primeira pesquisa, enquanto Odilon subiu 3 pontos e foi de 42% para 45%. Brancos e nulos somam 5% e 2% dos entrevistados não souberam ou não quiseram responder.

Print Friendly, PDF & Email
HIPER