Edvaldo Bezerra mesmo não fazendo parte da gestão do Aluizio em 2016, foi absolvido por 7 a 0 do TER/MS

Por 7 a 0, TRE/MS reforma sentença e afasta cassação de Edvaldo Bezerra

Por unanimidade, o TRE/MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) reformou a sentença da 12ª zona eleitoral que cassou Aluizio São José (PSB) e Edvaldo Bezerra (MDB), prefeito e vice de Coxim, na manhã desta terça-feira (14), durante sessão por videoconferência. Com isso, ambos permanecem nos cargos.

Na primeira decisão, em Coxim, a Juíza Tatiana Dias de Oliveira Said, condenou os dois por abuso de poder econômico e utilização indevida dos meios de comunicação. Entretanto, o TRE/MS não reconheceu os abusos, nem econômico, tampouco político.

“Essa foi a decisão mais justas feita pelo TRE/MS, pois não fazia parte da gestão do prefeito Aluizio em 2016, confiante na honestidade do prefeito, não tinha duvidas da sua absolvição. Agora mais de nunca, me deixa mais confiante na minha pré-candidatura a prefeito de Coxim”. Finaliza Edvaldo Bezerra.

Para meia dúzia de pessoas que torcia e tinha como certa a cassação, ficam agora chupando o dedo e acabando em roer as unhas. Prevalecendo a verdade, “honestidade em primeiro lugar”, uma frase que vice-prefeito Edvaldo Bezerra carrega em toda a sua vida pública.

Junior Mochi e Edvaldo Bezerra comemorando a decisão do TRE?MS.
Prefeito Aluizio e vice prefeito Edvaldo
Print Friendly, PDF & Email