Deputado bolsonarista dá nota 8 para presidente, mas diz que ele se expressa mal

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print

Apesar de instabilidades constantes, pesselista classifica a administração de Bolsonaro como boa

Rayani Santa Cruz

Pesquisas com a atuação do presidente Jair Bolsonaro (PSL) sempre dão o que falar, principalmente entre os bolsonaristas campo-grandenses. Para o deputado federal Luiz Ovando (PSL-MS), do ponto de vista administrativo está bom, mas, às vezes, o presidente se expressa mal ao expor algumas ideias.

As oscilações e queda de 12% na aprovação do presidente Bolsonaro (PSL) em Campo Grande foram indicadas em pesquisa do Itop (Instituto TopMídia de Pesquisas). O deputado bolsonarista afirma que o presidente tem feito o que é necessário e, por vezes, as declarações provocam alguma instabilidade.

“Do ponto de vista administrativo eu dou nota 8 para ele [Bolsonaro], o nível está bom, mas na hora que ele vai se expressar não é tão recomendável. Às vezes, ele atropela com ideias e expressões”, diz.

Para o parlamentar, um dos motivos pela oscilação na pesquisa pode ser porque o brasileiro é culturalmente emocional e vive por momentos. “Por ser emocional, dependendo das circunstâncias, pode ser que tenham uma interpretação distorcida do que ele [presidente] fala”, justificou.

Ovando também defendeu a aparição internacional do presidente em Nova York. Sobre o tão criticado discurso na ONU (Organizações das Nações Unidas), ele classificou como ‘excepcional’.

 

Print Friendly, PDF & Email
HIPER