*Câmara de Coxim se divide em dois grupos e emenda que impedia antecipação de eleição da Mesa foi derrotada*

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print
foto Edson Brandão

Debates calorosos entres os vereadores foi o ponto forte da sessão

Na noite quarta-feira (22/09), a sessão que iniciou às 19hs e terminou quase meia noite e foi bastante movimentada e debatida calorosamente entre os vereadores.

A proposta de emenda do vereador Marcinho Souza que proibia a antecipação da eleição da Mesa Diretora da Câmara foi vencida por 7 x 6.

Na sessão anterior foi votada e aprovada a emenda ao Regimento Interno proibindo a reeleição do presidente da Câmara, na sessão de ontem (22/09) foi pautada a emenda na Lei Orgânica que proibia a antecipação da eleição. Para voltar tudo como era antes. Mas 7 dos 13 vereadores votaram contra a emenda, por entender que antecipar as eleições da Mesa Diretora deve permanecer.

O vereador Marcinho Souza (PSB) autor da emenda, usou de toda forma em seu pronunciamento na Tribuna convencer os vereadores que estavam contra, a votarem a favor da que proibição da antecipação, mas a base do prefeito Edilson Magro votou unida contra a emenda.

O vereador Abilio Vaneli e os vereadores que eram a favor da emenda, fizeram vários pronunciamentos combatendo a antecipação da eleição e conclamando os demais vereadores a votarem de acordo com a vontade do povo, mas nada adiantou.

Com os votos dos vereadores Ademir Peteca (SOL), Angelo Gari (DEM), Flávio Duarte (PP), Jeferson Aislan (SOL), João do Posto (PSD), Zanon Lamunier (REP) e do presidente William Meira (PSDB), que teve de desempatar, a Câmara de Coxim manteve a antecipação da eleição.

Os vereadores que votaram a favor da emenda, na tentativa de proibir a antecipação da eleição, foram Abilio Vaneli (PT), Adriana Nabhan (MDB), Carlos Henrique Ferreira da Silva (MDB), Marly Nogueira (PT) e Vilmar Vendruscolo (PTB).

Ainda não existe nenhum pedido de antecipação da eleição tramitando. Isso só deve acontecer após a 30ª sessão legislativa, data a partir da qual o regimento permite solicitar a antecipação da eleição da Mesa Diretora, vereadores dizem que nos bastidores as movimentações são para que aconteça agora em outubro ou para a última sessão de dezembro de 2021. Publicamente, os parlamentares da base desconversam e não assumem o interesse em antecipar a eleição.

O vereador Ademir Peteca disse que em relação antecipação ou não, quando chegar nessa discussão, será em conjunto com todos os  vereadores.

Em alguns momentos a discussão da emenda foi calorosa entre os vereadores, durante as falas ouve vários adjetivos nomeando e comparando como: “Vereador Carneiro vestido de Lobo”, “Vereador Lagartixa, que só baixa a cabeça”, “As máscaras de alguns vão cair”.

fotos Edson Brandão

Print Friendly, PDF & Email
HIPER