Câmara acaba com a farra de gastos com verba indenizatória

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print

Vereadores não podem usar aplicativos, como filmes e músicas na conta pública

A Câmara Municipal de Campo Grande vai acabar com a “farra de gastos” das verbas indenizatórias dos vereadores. Algumas restrições foram impostas pelo ato nº 99/2019 da Mesa Diretora como não usar aplicativos como Netflix, músicas, futebol e outras atrações usadas em celulares. Os vereadores também não poderão acumular por mais de 60 dias os recursos não gastos conforme publicação do Diário Oficial de Campo Grande de ontem.

Atualmente os vereadores podem usar por mês, cada um dos 29, o teto de R$ 8,4 mil por mês referente a verba indenizatória.  O valor permanece o mesmo, o que muda é a forma de usar. Antes caso o vereador não gastasse o total permitido, o dinheiro acumulava ao longo do ano, mas com as mudanças o acúmulo agora é de apenas 60 dias.

“Se não usou em janeiro, por exemplo, tem 60 dias. Só pode usar durante 60 dias.  Hoje acabou esse acúmulo durante o ano, se não usou é porque não precisa. Devolve a Câmara e depois a Câmara devolver para Prefeitura Municipal de Campo Grande”, explicou o primeiro secretário da Casa de Leis, Carlos Algusto Borges (PSB), o Carlão.

*Yarima Mecchi e Adilson Trindade.

Print Friendly, PDF & Email