Barreiras sanitárias de Coxim serão desativadas nesta quinta-feira

Após seis meses cumprindo importante papel de controle sanitário da covid no município de Coxim, as barreiras sanitárias implantadas em três entradas da cidade serão desativadas nesta quinta-feira (1º de outubro). Outra medida tomada pela administração municipal é a retomada das atividades turísticas.

 

O decreto nº 489 dispõe sobre a suspensão das atividades das barreiras sanitárias, com o retorno dos respectivos servidores às suas funções na administração municipal, bem como a suspensão do pagamento de todas as verbas pecuniárias decorrentes do serviço.

 

Já o decreto nº 490 autoriza as atividades de natureza turística e recreativa, que serão regulamentadas pela Nota Técnica nº 018/2020 firmada pela Gerência de Vigilância Sanitária. As publicações estão disponíveis em http://www.coxim.ms.gov.br/servico/decretos-pandemia/17 .

 

Os 140 servidores que se dedicaram efetivamente em quatro turnos ao longo de mais de 180 dias, juntamente com voluntários da sociedade civil, realizavam aferições de temperatura, orientavam as pessoas quanto aos decretos municipais em vigor referentes às medidas restritivas em relação à pandemia e cadastravam as pessoas de fora para que o município tivesse o mínimo de controle sobre as pessoas contaminadas e os contatos estabelecidos por elas.

 

Para o prefeito de Coxim, Aluizio São José, caberá à população, a partir de agora, manter o senso comum de cuidado e prevenção à doença, evitando aglomerações desnecessárias que possam ocasionar novas contaminações.

 

“Com o numero de casos ativos (média móvel) estável há cerca de um mês, com pouca frequência de internações no Hospital Regional de Coxim, conseguimos manter a situação relativamente sob controle graças ao empenho de todos, sem esquecer de nove perdas que tivemos para a doença”, resume Aluizio.

 

“Foram decisões tomadas em tempo suficiente para nos organizarmos, sempre com avaliações técnicas por parte de autoridades sanitárias e jurídicas. Vamos restabelecendo a garantia de atividades econômicas em nosso município com sabedoria e atenção, pois a pandemia não acabou e a doença continua circulando em nosso município. Agradecemos a todos os servidores, voluntários e instituições parceiras que contribuíram com este trabalho”, diz ele.

 

Para o gerente da Vigilância Sanitária de Coxim, Saimon Cândido, a transmissão comunitária da doença continua, apesar das pessoas estarem cansadas das medidas de isolamento social: “Ainda se fazem necessárias medidas preventivas como uso de máscaras e higienização frequente das mãos, etiqueta respiratória, assim como esses cuidados devem ser maiores para idosos e pessoas com doenças crônicas como diabetes, hipertensão, entre outras, ressaltando ainda as nove mortes que tivemos para a doença que foram tristes perdas para as famílias e para todos nós”.

Fonte: Fabio Pellegrini – DRT/MS 116-06

Print Friendly, PDF & Email