Gal Costa fala mal de Bolsonaro, mas empurra jovem com síndrome de Down em Bonito

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print

Jovem fez a postagem no Instagram contando sobre o caso

Maressa Mendonça e Vinícius Squinelo

Após ter dançado ao coro de “Bolsonaro, vai tomar no c*” durante apresentação no dia 27, no Festival de Inverno de Bonito, a cantora Gal Costa foi alvo de críticas pesadas. Dentre elas, a de um jovem que acusou a cantora de ter empurrado o irmão dele em um ato preconceituoso por ele ter síndrome de Down.

Por meio de um stories no Instagram, o jovem contou que, durante uma visita ao município, a cantora teria empurrado o irmão dele quando o jovem tentou abraçar a artista.

Ainda conforme o relato, ela disse ter se assustado, mas depois sussurrou para outras pessoas que estavam no local o motivo: um certo de desprezo por pessoas com síndrome de Down. “Foi a maior tristeza da vida dele”, declarou.

A reportagem entrou em contato com assessoria de imprensa da cantora por e-mail para ter uma declaração sobre o assunto e aguarda resposta.

Print Friendly, PDF & Email
HIPER