Menino veste azul e menina veste rosa, diz Damares

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print

 

São Paulo — Nesta quinta-feira (3), começou a circular um vídeo da pastora evangélica e ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos do governo Jair Bolsonaro (PSL), Damares Alves, afirmando que “menino veste azul e menina veste rosa”.

Segundo ela, que foi aplaudida por apoiadores, o Brasil começa uma “nova era”. No discurso de posse, Damares já havia afirmado que “menina será princesa e menino será príncipe”.

“Menino veste azul e menina veste rosa. Atenção, atenção: é uma nova era no Brasil”, fala Damares em meio a aplausos e gritos de apoio.

A fala foi gravada nesta quarta-feira (2), quando aconteceu a cerimônia de posse dos ministros do governo Bolsonaro. Não se sabe, no entanto, se o vídeo é de antes ou depois de Damares assumir o cargo.

Internet reage

O vídeo foi divulgado por uma página que se diz apoiadora da ministra, mas logo depois foi apagado. A maior parte dos usuários das redes sociais começaram a rebater o posicionamento de Damares.

“Esse ministério deve ter coisa mais importante com que se preocupar, do que determinar a cor de roupa das pessoas”, diz um dos internautas.

“Por que celebrar a ideologia de gênero do “menino veste azul e menina veste rosa”? A pastora mais parece estar num estádio de futebol comemorando um gol. Direitos humanos não tem ideologia, tem a seriedade de quem protege vidas”, disparou outra usuária.

 

Print Friendly, PDF & Email
HIPER