Secretários de Saúde são investigados por descumprirem ordem judicial

0
33
foto divulgação
MPE converteu procedimento preparatório em inquérito civil

Liziane Berrocal

De olho no caos da Saúde que a população enfrenta na Capital e em todo o Estado, o Ministério Público Estadual converteu em inquérito civil o procedimento preparatório que investiga descumprimento de decisões judiciais que determina atendimento a pacientes que buscam na Justiça ter o direito de saúde garantido.

Os investigados não tiveram os nomes divulgados, porém seriam os secretários Marcelo Vilella que responde pela Secretaria Municipal de Saúde de Campo Grande e o Nelson Tavares, titular da pasta no Governo do Estado.

A investigação é da 29ª Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social e está sob a responsabilidade do promotor de Justiça Adriano Lobo Viana de Resende que também investiga a falta de medicamentos nas unidades de saúde da Capital.

O objetivo do processo é garantir ao cidadão o direto a, por exemplo, medicamentos na rede pública de saúde do município e do Estado.

DEIXE UMA RESPOSTA