Prefeito, deputado e vereadores pleiteiam curso de Direito ao Ministro da Educação

0
71
foto divulgação

O prefeito de Coxim, Aluizio São José, o presidente da Câmara Municipal, Vladimir Ferreira, e o vereador Franciel Oliveira participaram ontem (21) da posse da primeira diretoria do Conselho de Reitores de Instituições de Ensino Superior de Mato Grosso do Sul (Crie-MS), ocorrida na Assembleia Legislativa de MS.

Na ocasião, o prefeito Aluizio e os vereadores Vladimir e Franciel, com apoio do presidente da ALMS, deputado Junior Mochi, apresentaram  a intenção de viabilizar o curso do Direito para Coxim, já feito ao governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e aos reitores das universidades Estadual e Federal. O ato contou ainda com apoio do senador Pedro Chaves, do governador Reinaldo Azambuja, da deputada federal Tereza Cristina, do deputado federal Geraldo Resende, e do reitor da UFMS, Marcelo Turine.

Segundo o prefeito, o ministro recebeu o pedido de forma positiva. “Explicamos a necessidade de ampliar a oferta de cursos em Coxim, que nos últimos anos tem se transformado em polo universitário, com as presenças das universidades públicas, além do Instituto Federal”, ponderou Aluizio.

O documento entregue à Mendonça Filho pede a viabilização do curso de Direito para uma das duas universidades públicas, assim como outros cursos, como Engenharia Florestal, Medicina e Pedagogia. A proposta mostra a viabilidade da implantação, uma vez que o curso de Direito não exige grande estrutura laboratorial.

De acordo com Franciel, o documento é assinado por todas as autoridades de Coxim, inclusive juízes, promotores, defensores e representantes de instituições, que inclusive se dispõe em dar aulas no curso de Direito. “Já plantamos a semente e estamos regando. Não tenho dúvidas que em breve faremos a colheita”, aposta o parlamentar.

Vladimir explicou que o próximo passo é uma reunião com a bancada federal, que estava representada no ato pelo senador Pedro Chaves e o deputado federal Geraldo Resende, que já se prontificaram a reunir todos os integrantes em Brasília para dar andamento a demanda junto ao Ministério da Educação.

A posse contou com a presença do ministro da Educação, José Mendonça Bezerra Filho e demais autoridades. O Crie-MS representa 200 mil estudantes e professores do ensino presencial e a distância, com o objetivo de fortalecer a Educação Superior e, consequentemente, contribuir para o desenvolvimento do Estado. O Conselho elegeu cinco áreas prioritárias de atuação: ciência, tecnologia e inovação; excelência na educação; internacionalização e mobilidade acadêmica; turismo e cultura; e comunicação científica.

Com informações de Sheila Forato.

DEIXE UMA RESPOSTA