Tereza Cristina diz que governo precisará fazer cortes se reforma da Previdência travar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print

Segundo ela, o Congresso Nacional tem que se convencer da necessidade de abordar a pauta polêmica

Diana Christie

Em conversa com o colunista Gerson Camarotti, do G1, a futura ministra da Agricultura, deputada Tereza Cristina (DEM-MS), defendeu a necessidade da reforma da Previdência, que foi debatida no ano passado com o apoio do ex-ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun.

Segundo ela, a reforma é urgente e, se não for realizada, o governo precisará cortar em outras áreas. Portanto, o Congresso Nacional tem que se convencer da necessidade de abordar a pauta polêmica. “Não há como ser diferente”, disse Tereza Cristina.

Questionada sobre a resistência de vários partidos em relação à adoção da nova forma de fazer política, a futura ministra ainda afirmou que o Congresso também tem que aprender a conviver com a nova forma de governar de Jair Bolsonaro (PSL).

Ela participou, na tarde desta terça-feira (1º), da solenidade de posse do novo presidente, em Brasília.

Print Friendly, PDF & Email
HIPER