Simone Tebet precisa de três votos para vencer Renan no MDB

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print

Senadores disputam a preferência da bancada na corrida pela presidência do Senado

TAVANE FERRARESI

A senadora Simone Tebet (MDB) tentará convencer amanhã (29), os 12 senadores do partido para apoiarem seu nome como candidata à presidência do Senado. Ela disputa com o senador do Ceará, Renan Calheiros, a preferência dos correligionários. No momento, a senadora declarou que possui quatro votos declarados (ela precisa de sete).

“Tem aqueles também que não declaram, então vamos conversar. As definições geralmente acontecem 48 horas antes da votação”, falou Simone sobre a eleição da Mesa Diretora que acontece na sexta-feira (1º), mesmo dia da posse dos eleitos no pleito do ano passado. “Até lá muita coisa vai acontecer”, comentou a senadora ao ressaltar, em seguida, que não abre mão da candidatura.“Preciso ter musculatura e se entender que é o melhor para o país, lanço candidatura avulsa”, avisou.

Esta opção poderá ser viabilizada no caso de o MDB escolher Renan ou outro nome ao invés de Simone. “Amanhã a reunião será para discutir o nome de quem será candidato. Também iremos decidir se nossa votação interna será voto aberto ou fechado”.

Após a apresentação dos postulantes ao cargo de presidente, a bancada elegerá o candidato na quarta-feira (30), “Amanhã nos reuniremos às 15 horas, faremos levantamento de quem se viabilizará (no plenário) e veremos se vai ter unidade (no partido)”, finalizou Tebet.

Print Friendly, PDF & Email
HIPER