Secretários serão avaliados com base em contratos de gestão

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print

Reinaldo Azambuja disse que vai trocar primeiro escalão para segundo mandato no Estado

Reeleito para o segundo mandato como governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), disse que não deve manter todos os secretários que compõem o primeiro escalão de sua gestão. De acordo com o tucano, todas as secretarias, fundações e autarquias vão passar por uma avaliação e para analisar quais tiveram o melhor desempenho e não conseguiram cumprir as metas e porquê.

“Estamos analisando administrativamente os contratos de gestão, quais as áreas que avançaram bem e quais tiveram alguma deficiência. Nós controlamos isso, nos contratos de gestão”, destacou.

Em entrevista ao Correio do Estado, Azambuja ressaltou que é grato a equipe que compôs junto a ele os primeiros anos como Executivo estadual. Ele que foi prefeito de Maracaju, deputado estadual e federal, esteve pela primeira vez a frente de Mato Grosso do Sul e conseguiu uma vitória apertada com 52,35% dos votos válidos.

“Nós somos muito gratos a toda equipe, mas vamos ter que compor um governo, com algumas mudanças e essas mudanças vão ocorrer a partir de primeiro de janeiro. Vamos analisar, não paramos ainda para analisar”, disse justificando sobre quem deveria sair e quem deve ficar na gestão.

*Yarima Mecchi.

Print Friendly, PDF & Email
HIPER