Reinaldo pede a Mandetta a criação de ‘Central de Compras’ para reduzir custos na saúde

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print

Governador e ministro se encontraram em Brasília

Cumprindo agenda de trabalho na Capital Federal, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) apresentou uma proposta ao ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM), durante uma reunião na noite de ontem, quinta-feira (24), que pode baratear custos na aquisição de medicamentos por parte dos Estados.

“ (A) proposta que não é de Mato Grosso do Sul, mas de todos os estados para que possa analisar a adoção das atas de compra nacional de insumos, órteses, próteses e medicamentos. Estas atas do ministério que poderiam ter adesão dos Estados iriam baratear custos”, explicou Reinaldo.

O tucano sugeriu ao ministro a criação de uma Central de Compras Nacional, que poderia ser usada por Estados e municípios. Algo semelhante já é discutido pelos governadores quem integram o Fórum Brasil Central.

Mandetta, revelou Azambuja, teria se comprometido a analisar a proposta junto à procuradoria jurídica do ministério.

O governador ainda solicitou ao ministro o aumento de repasses da União a Mato Grosso do Sul, na área da saúde. Outro pedido foi para que o Governo Federal custeie a compra de equipamentos para os hospitais regionais de Três Lagoas e Grande Dourados.

Print Friendly, PDF & Email
HIPER