RECONHECIMENTO – Câmara outorga título de Cidadão Campo-grandense a Urandir Fernandes

0

Ultrapassado, Ademar Gervaer se revolta e vomita impropérios contra pesquisador que tem o trabalho reconhecido em todo o Brasil e, inclusive, no exterior

Por iniciativa do vereador Dr. Wilson Sami, da bancada do MDB, a Câmara Municipal de Campo Grande homenageará o empresário, pesquisador e ufólogo Urandir Fernandes de Oliveira com a maior honraria que a Casa de Leis oferece a cidadãos que prestam relevantes serviços à comunidade com a qual convivem: o título de Cidadão Honorário Campo-grandense.

A outorga da comenda foi aprovada em plenário e a decisão soberana do Legislativo foi publicada na edição da sexta-feira da semana passada no Diário Oficial da Câmara Municipal. A entrega do título deverá ocorrer em sessão solene a ser realizada no mês de agosto vindouro dentro das atividades comemorativas aos 120 anos de emancipação político-administrativa do município de Campo Grande.

GERVAER REVOLTADO – A decisão da Câmara Municipal da Capital de seguir uma tendência que vem se verificando em todo o Brasil – a de reconhecimento ao trabalho científico desenvolvido por Urandir Fernandes – provocou a ira do também ufólogo Ademar Gervaer que, como acontece todas as vezes que Urandir é homenageado pelo seu trabalho, vomitou uma série de impropérios e inverdades sobre o pesquisador.

Embora o empresário Urandir Fernandes faça opção por não se pronunciar sobre as afirmações de Ademar Gervaer, pois isso poderia gerar polêmica e seria isto que o seu antagonista estaria buscando, seguidores do empresário e pesquisador afirmam que as declarações de Gervaer não passam de sua manifestação de inveja pelo reconhecimento do trabalho desenvolvido na Associação Dákila Pesquisas no município de Corguinho.

Na opinião de associados à Dákila e de moradores da Cidade Zigurats, a grande verdade é que Ademar Gervaer parou no tempo, suas pesquisas são ultrapassadas, não empolgam e por isto não lhe geram o reconhecimento público das autoridades constituídas, motivo pelo que todas as vezes que Urandir Fernandes vai ser homenageado ele encontra um meio de publicar suas insatisfações e seus recalques por não passar de um pesquisador obscuro cujos resultados das pesquisas se restringem ao seu pequeno grupo de seguidores.

Urandir, pelo contrário, além de nacionalmente conhecido pelo trabalho que realiza na Associação Dákila Pesquisas sediada na Cidade Zigurats, no Morro da Boa Sorte no município de Corguinho, vem recebendo constantes homenagens, em Mato Grosso do Sul e em diversos estados brasileiros – e até no exterior -, o que causa a ojeriza de seus inimigos gratuitos, como o caso de Ademar Gervaer.

PESQUISAS – Entre as pesquisas mais importantes comandadas pelo ufólogo Urandir Fernandes está a que contesta o formato redondo do planeta Terra. Pelos estudos de Urandir e de vários cientistas que integram o corpo científico da Associação Dákila Pesquisas, o formato da Terra não é redondo e sim convexo. O assunto, inclusive, foi tema de reportagem de capa da Revista Impacto do mês de maio passado.

A Associação Dákila de Pesquisas foi instituída há 22 anos no antigo Projeto Portal. É lá que são realizados os mais avançados estudos em várias áreas do conhecimento humano, com destaque para a genética e a astronomia.

Urandir é, também, fundador e presidente do grupo empresarial BKC – Brazilian Kimberlyte Clay -, que atua nas áreas da construção civil, da fabricação de cosméticos e de produtos farmacêuticos.

Inclusive, uma de suas marcas ligadas à BKC, a Kion Cosmetics -, reconhecida mundialmente, usa como principal princípio ativo da sua composição a argila vermelha, encontrada no município de Corguinho, em área localizada a cerca de 100 km de Campo Grande.

Atualmente, Urandir mantém um quiosque da Kion no Shopping Campo Grande e em breve deve abrir outra loja física, no Shopping Market Place, em São Paulo (SP).

No município de Corguinho, o empresário mantém, ainda, a Cerâmica BKC, onde produz tijolos e telhas e gera algumas dezenas de empregos diretos, além dos indiretos.

JUSTIFICATIVA DO VEREADOR – Conforme a justificativa apresentada no decreto legislativo de autoria do vereador Dr. Wilson Sami, o empresário Urandir Fernandes de Oliveira é merecedor do título de Cidadão Campo-grandense, pois, foi em Campo Grande que ele fundou a Associação Dákila Pesquisas que, na atualidade, é integrada por mais de 4,5 mil sócios e possuidora de mais 9 milhões de seguidores espalhados pelo mundo afora. Com seu trabalho, Urandir beneficia tanto o município onde estão sediados seus empreendimentos quanto a Capital e outros municípios do Estado.

Urandir recebe das mãos de Dona Terezinha Trad o Troféu Nelson Trad _ Márcio Padilha

Além disso, Wilson Sami citou em sua justificativa algumas homenagens e atos que denotam o reconhecimento público ao trabalho de Urandir Fernandes, elencando que, em março passado, ele ministrou palestra para vereadores, em evento realizado pela União das Câmaras de Vereadores de Mato Grosso do Sul (UCVMS), em parceria com o Tribunal de Contas do Estado (TCE/MS).

Citando a outorga do Troféu Nelson Trad que lhe foi entregue em evento denominado Golden Night, Wilson Sami lembrou que, abril passado, Urandir recebeu a Medalha do Mérito Tiradentes, homenagem que o Comando da Polícia Militar do Mato Grosso do Sul oferece anualmente para várias pessoas por seus serviços prestados à sociedade. No mesmo mês, recebeu o troféu Destaque 2019 na Marcha Nacional dos Vereadores, em Brasília (DF).

Em 2018, ele também recebeu homenagens de deputados estaduais de Mato Grosso do Sul e foi condecorado, no ano passado, pela ABFIP – (Associação Brasileira das Forças Internacionais de Paz), uma instituição sem fins lucrativos que promove o encontro de ex-integrantes e integrantes das Forças de Paz da ONU em que o Brasil teve participação ou ainda participa, militares ativos e inativos das Forças Armadas Brasileira, policiais militares, policiais civis, policiais federais, guardas municipais, autoridades eclesiásticas e autoridades civis de nossa sociedade que têm por ideal o bem da humanidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here