PUDOR e ABANDONO: Andarilhos ou desocupados na Praça Silvio Ferreira, fazem suas necessidades em plena luz do dia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print

Há oito anos assim, e a prefeitura sem nenhuma solução para resolver o caso dos andarilhos ou desocupados, que só aumentam na Praça no centro da cidade de Coxim.

A Secretaria de Assistência Social, nada faz, apenas alguns cadastros dos desocupados, sem nenhuma solução. Sempre a mesma coisa.

O Secretário de Assistência Social, Adenilson Vilalba, periodicamente em seu momento de laser, toma café e faz o seu lanche na Pastelaria Central, do Senhor Waldomiro Altafini, que fica de frente à Praça, ali ele fica horas e horas, olha para a Praça e cruza os braços, sempre diz que não pode fazer nada.

Enquanto isso, os desocupados só aumentam, até as necessidades fisiológicas estão sendo feitas em plena luz do dia.

Moradores do entorno da Praça, não sabem mais o que fazer, não têm aonde reclamar ou recorrer.

Pedestres não passam mais dentro da Praça com medo de serem atacados pelas pessoas que estão ali praticamente acampados, com vestes não adequadas, colocando em risco a população do local.

Esses andarilhos ou desocupados precisam de ajuda do poder público e muitos deles aproveitam da situação para continuarem no local para beber e até mesmo o uso de entorpecentes.

O Prefeito Aluizio São José, não pode dizer que não sabe de nada, sabemos que é um problema que sua Secretaria de Assistência Social tem que resolver. Foi nomeado um Secretário, para cuidar dos problemas socias da cidade, mas o Secretário Adenilson, já demostrou que não tem interesse e nem capacidade para resolver está situação. Ainda que o Secretário não saiba o que fazer, a situação se agrava e muito no centro da cidade.

O SITE INTEGRAÇÃO MS, ouviu os comerciantes e moradores na sua maioria idosos que estão no entorno da Praça, para mostrar os seus descontentamentos com o Poder Público, com a falta de respeito com quem paga seus impostos em dia e gera emprego e renda para o município.

A reportagem do SITE, vai entrar em contato com as equipes da: TV Morena, Correio do Estado e outros órgãos de imprensa, para expor a situação e também pedir ajuda com reportagens, que consequentemente, poderão até sair na mídia nacional como o Fantástico.

É visto equipes da Assistência Social realizando atendimento e orientando as pessoas em situação de rua, equipe do Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS), unidade da Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social (SEMCAS), em conjunto com o 5º Batalhão de Polícia Militar (5ºBPM), já realizaram várias abordagens na Praça.

Alguns desses desocupados são moradores de Coxim, que a própria família não os suporta em casa e abandonam eles para ruas. E os moradores desocupados, de outras cidades, recusam fazer o retorno para suas cidades.

A reportagem do site, verificou que todo o trabalho é feito em conformidade com o Sistema Único de Assistência Social (SUAS).

Essas ações são rotineiramente realizadas nos arredores de praças, da Feira do Produtor, de lojas de conveniência e bares, da rodoviária, entre outros pontos de Coxim.

Mas, faz 8 anos deste mesmo jeito, ao invés de alguma melhora ou solução, muito pelo contrário, só piora. E as famílias, moradores e comerciantes só entram em desespero cada vez mais, não têm segurança alguma na Praça da Catedral São José.

O que se vê é muita sujeira, praça totalmente abandonada e ocupadas pelo vandalismo principalmente a noite com iluminação com apenas duas lâmpadas em funcionamento, muitas algazarras, bebedeiras, sujeiras, brigas entre eles mesmo, deixando os moradores assustados nas madrugadas.

Falta de Pudor….

Print Friendly, PDF & Email
HIPER