Proposta também deve reduzir rombo na previdência de MS

0

Idade mínima e tempo de contribuição para trabalhadores aumentam

CONFIRA OS PRINCIPAIS PONTOS DA PROPOSTA:

Regras gerais da aposentadoria

Na iniciativa privada (RGPS)
Aposentadoria apenas por tempo de contribuição deixa de existir
Como é hoje
1) Por idade
Idade mínima: 60 anos (mulher) e 65 anos (homem)
Contribuição mínima: 15 anos ou
2) Por tempo de contribuição
Idade mínima: não há
Tempo de contribuição: 30 anos (mulher) e 35 anos (homem)
Como ficaria
Só existirá aposentadoria por idade
Idade mínima: 62 anos (mulher) e 65 anos (homem)
Contribuição mínima: 20 anos

Para aposentadoria rural
Governo iguala idade de aposentadoria de homens e mulheres e aumenta o tempo de contribuição
Como é hoje
Idade mínima: 55 anos (mulher) e 60 anos (homem)
Tempo mínimo de atividade rural: 15 anos
Como ficaria
Unificação das regras para empregados no campo, contribuintes individuais e segurados especiais (que pagam de acordo com a venda da produção)
Idade mínima: 60 anos para todos
Contribuição: 20 anos (sobre a produção no caso do segurado especial)
>> Segurado especial teria de contribuir com mínimo de R$ 600 por ano; o valor pode ser alterado por projeto de lei

Para servidores públicos (RPPS)
Como é hoje
1) Por tempo de contribuição
Idade mínima: 55 anos (mulher) e 60 anos (homem)
Tempo mínimo de atividade: 30 anos (mulher) e 35 anos (homem), sendo 10 de tempo de serviço público e 5 anos no cargo ou
2) Por idade
Idade mínima: 60 anos (mulher) e 65 anos (homem)
Tempo mínimo de atividade: não há
Como ficaria
Só existirá aposentadoria por idade
Idade mínima: 62 anos (mulher) e 65 anos (homem)
Tempo de contribuição: 25 anos, sendo 10 de tempo no serviço público e 5 anos no cargo
>> Cálculos dos benefícios seguirão a mesma regra do RGPS
>> Aposentadoria compulsória (para servidor que atinge 75 anos) sofreria mudança apenas na regra do cálculo, que também seguiria os mesmos critérios do RGPS.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here