Povo não respeita: show de Marília Mendonça deixa Parque das Nações recheado de lixo

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print

Copos e garrafas ficaram espalhados pela grama e a população que faz caminhada diária no local repudia realização de shows na área

Dany Nascimento

Milhares de pessoas foram conferir de perto a apresentação surpresa da cantora Marília Mendonça no Parque das Nações Indígenas, realizado na noite de ontem (11) em Campo Grande. O show marca a gravação de uma música para o projeto “Te Vejo em Todos os Cantos”, mas por todos os cantos do parque o que ficou foi muita sujeita.

A caminhada da população que frequenta diariamente o local foi diferente nesta quarta-feira (12), acompanhada de copos e latas espalhados pela grama. Revoltado com a sujeita que encontrou durante a caminhada matinal, o aposentado Armindo de Souza, 61 anos, se posiciona contra a realização de shows no Parque das Nações.

“Eu sou totalmente contra, prejudica a natureza do parque. Muitos animais moram aqui, prejudica eles, fica tudo suja, prejudica diretamente a natureza preservada nesta área. Eu nem sabia de quem era o show, mas acho que realmente aqui não é local apropriado para essas apresentações. Basta olhar em volta e ver, o lixo espalhado, é uma vergonha”, diz o aposentado.

O Policial Rodoviário Federal, Sidrak Souza, 52 anos, destaca que a cantora que utilizou o espaço para a gravação deveria ser responsável pela limpeza imediata, ao final do show, que terminou por volta das 21h30 de ontem. “Ela utilizou um local público para gravar o projeto, então prontamente ela teria que ter uma equipe para deixar tudo limpo assim que as pessoas deixaram o local. Se não quem perde com isso somos nós, porque o projeto gravado aqui foi para enriquecer a cantora”.

O lixo estava sendo recolhido por alguns trabalhadores, enquanto outros homens se dedicavam a desmontar a estrutura do palco. Marília chegou de surpresa na cidade, fez panfletagem no centro de Campo Grande convidando a população para a gravação da música “Obrigada por Estragar Tudo”.

Após repetir a canção e finalizar a gravação para o novo projeto de trabalho, Marília relembrou seus maiores sucessos e agradeceu o público, que lotou o Parque das Nações Indígenas.

Print Friendly, PDF & Email
posto
HIPER