‘Não tem ambiente’, dispara Reinaldo sobre paralisação da PC

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print

Governador afirmou que Estado deve tomar medidas para evitar paralisação de policiais civis

Rodson Willyams

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) afirmou, nesta segunda-feira (27), que o Governo do Estado deverá tomar medidas para evitar a paralisação dos policiais civis. A manifestação está prevista para acontecer no próximo dia 31 de maio em Mato Grosso do Sul.

Segundo o governador, a possível paralisação pode prejudicar alguns setores da sociedade. “Todos têm o direito de se manifestar. É livre. Mas existem responsabilidades”.

Reinaldo ainda informou que o Governo concedeu reajustes em todas as categorias de servidores. “Houve um aumento quando herdamos os planos de cargos e carreiras. Desde de 2015, houve um aumento de 17%”, afirma.

Para ele, “não tem ambiente” para a greve. E caso se confirme. “O governo vai ver sobre quais medidas deverá fazer”.

Print Friendly, PDF & Email
HIPER