Não é novidade para mim, diz Rose Modesto sobre Reinaldo indicar vice de Marquinhos em 2020

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print

Vou lutar pela minha candidatura, defendeu a tucana

Deputada federal pelo PSDB, Rose Modesto afirmou nesta quarta-feira (21) que não é novidade a declaração do presidente municipal do PSD, Antônio Lacerda, dizendo que o governador Reinaldo Azambuja deve indicar o vice do prefeito Marquinhos Trad para as eleições de 2020. Rival do prefeito na última disputa eleitoral municipal, Rose foi a segunda mais votada em Campo Grande e disse que vai lutar pela candidatura se os eleitores assim quiserem.

“Se eu tiver apoio dos eleitores e sentir nas ruas que [os eleitores] querem minha candidatura, vou lutar por isso”, declarou.

Rose disse ainda que vai dialogar sempre para encontrar o melhor caminho para que efetivar a disputa eleitoral. “Um dia na política é uma eternidade. Tem muita coisa para acontecer ainda.  Não é novidade para mim essa declaração”, disse.

Desde que o governador Reinaldo Azambuja anunciou que teria compromisso pessoal com a reeleição do prefeito de Campo Grande Marquinhos Trad, a deputada defende que o partido precisa medir por meio de pesquisas os nomes das lideranças para definir a questão.

Rose teve quase 42% dos votos válidos na disputa pela Prefeitura de Campo Grande em 2016. “Eu disputei a eleição contra o Marquinhos exatamente porque tenho uma visão diferente de como a cidade deveria ser tocada. Eu tinha um sonho em 2016, esse sonho continua vivo que é de um dia ter oportunidade de administrar a Capital. Não sei se será agora em 2016. Quem vai dizer isso é o eleitor”, declarou à época.

PSD

Nesta terça, Lacerda disse que o nome do próximo candidato a vice de Marquinhos em 2020, quando ele buscará a reeleição, deve ser indicado pelo governador Reinaldo Azambuja. Ele ainda destaca não ter dúvidas que Reinaldo e o PSDB estarão no palanque do prefeito.

“Não tenho absolutamente nenhum tipo de dúvida que o governador estará conosco no nosso palanque com seu partido, e que todos os soldados do partido estarão conosco”, frisa o secretário, que complementa. “Quem for o candidato a vice do Marquinhos será muito bem vindo, mas obviamente essa escolha caberá ao governador”, finaliza.

Print Friendly, PDF & Email
HIPER