MS começa 2019 com R$ 1 bilhão em investimentos

0
Camara itinerante Foto-Valdenir Rezende 24-04-2015

Ministro há 1 ano, período em que o presidente Michel Temer (MDB) tinha desaprovação recorde, o deputado federal pelo MDB de Mato Grosso do Sul e ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, deixa um dos principais cargos do primeiro escalão com a rejeição do governo em queda e com mais de R$ 1 bilhão de recursos encaminhados para o estado que representa.

Advogado, o ministro também sai do governo com um recado para o Poder Judiciário, setor em que atuará em 2019. Para ele, operadores do Direito sentiram-se livres para ultrapassar os limites da Constituição, seja ao barrar o indulto de Natal no ano passado, seja para impedir a prisão após a condenação definitiva.

O Correio do Estado conversou com o deputado federal e ministro, que disse que, a partir de 1º de janeiro de 2019, pretende ficar, pelo menos, sessenta dias descansando.

*Eduardo Miranda.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here