Maia se encontra com Reinaldo Azambuja, ouve propostas de MS e pede apoio à reeleição na Câmara

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print

Presidente da Câmara disse que reforma da previdência segue como prioridade na pauta

Thiago de Souza e Amanda Amaral

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM/RJ), desembarcou em Campo Grande, na tarde desta segunda-feira (21), onde se encontrou com o governador Reinaldo Azambuja (PSDB). O parlamentar veio ouvir as pautas do estado para garantir apoio à sua reeleição no comando da casa de Leis.

”Na pauta, ainda continua e deve ter prioridade a reforma da previdência, além da reorganização das despesas do governo federal”, destacou Maia.

Segundo Maia, sua prioridade é o Brasil e a justiça social e fiscal com a reforma da previdência. Falou que é necessário que haja reforma alinhada com os governadores, Congresso Nacional e a presidência.

”É impossível uma reforma proposta somente pelo governo federal, tem que haver uma grande pactuação e os temas fiscais do país têm de sair da agenda ideológica e política”, refletiu o presidente.

Reinaldo destaca importância da reforma da previdência. (Foto: Wesley Ortiz)

Ao lado do político, Azambuja disse que a reforma é pauta importante e vai ajudar os estados.

”É uma questão conjunta. Quando você vota previdência vota pros estados e municípios, isso é uma questão do país, é uma agenda Brasil, não agenda do governo”, avaliou o governador tucano.

Questionado sobre a partilha de impostos entre os estados, Maia disse que, primeiro é preciso resolver os déficits para depois discutir as concentrações de receitas.

”Tem de haver bom senso, mas que o ambiente político é favorável para que haja essas discussões”, acrescentou.

Outros temas que serão discutidos, caso seja reeleito, são a Lei Kandir e redução de burocracia do estado.

Rodrigo disse que sempre recebeu Reinaldo Azambuja durante esses dois anos [de mandato] e sobre o apoio dos deputados de MS, espera ter a confiança dos votos, mas só vai saber se foi bem aceito no dia 1º de fevereiro.

Ministros de MS

Rodrigo Maia elogiou como positivas as escolhas de dois ministros de estado em Mato Grosso do Sul: Tereza Cristina e Luiz Henrique Mandetta.

”Foram escolhas pessoais do presidente e não tenho dúvida que, com a experiência que têm, terão todas de desempenharem um bom trabalho”, analisou. Ele acrescenta que será positivo para o estado e fortalece um estado ter dois ministros de pastas tão importantes.

”Sempre ajuda você ter experiência do seu estado para levar para o resto do Brasil”, elogiou.

Print Friendly, PDF & Email
HIPER