Governo usa até cavalaria da PM para reforçar segurança contra fazendeiros

0

Os manifestantes são contra projeto de Reinaldo Azambuja que aumenta o Fundersul

e

Em protesto na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, o movimento de produtores rurais é acompanhado pela PM (Polícia Militar) nesta quarta-feira (13). Os manifestantes são contra projetos de aumento de impostos apresentados pelo Governo do Estado, sobretudo, o do Fundersul (Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário de Mato Grosso do Sul).

Os produtores chegaram ao local às 20h30 de terça-feira (12) e prometem ficar até o fim de semana. No corredor da Casa de Leis, os manifestantes estão em com alimentos e até rede. Boa parte entrou rumo ao plenário, aguardando a chegada dos deputados para sessão de hoje.

Três caminhões boiadeiros estão estacionados na frente do prédio, no Parque dos Poderes. Cavalaria da Polícia Militar e viaturas estão no local.

Segundo Luiz Carlos Gomes, produtor rural que lidera o movimento, a ideia começou a ser organizada pelo whatsapp e que a ideia de ir ao Legislativo, ao invés da Governadoria, é porque o “governador nunca dá as caras”. O intuito dos produtores é pressionar os parlamentares para que eles não aprovem a medida que eleva o Fundersul.

Agricultor, César Lyrio disse não ter cálculos de quanto paga à título do imposto, mas afirma que “é muito” e que o setor já enfrenta outras dificuldades, como pragas na plantação e as condições climáticas. “Esperamos compreensão dos deputados para não sacrificarem ainda mais a gente”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here