Gaeco fecha o cerco contra médicos em esquema de fraude em licitações no Hospital Regional

0

Investigações tem apoio do Governo do Estdado e se concentram nos crimes de corrupção ativa e passiva e organização criminosa

Rodson Willyams

O Gaeco (Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado) realiza a Operação Reagente nesta sexta-feira (30). Os agentes cumprem três mandados de prisão preventiva e mais 14 de mandados de busca e apreensão.

As investigações tem apoio do Governo do Estdado, e o Controlador-Geral de MS Carlos Eduardo Girão de Arruda acompanha os policiais.

Segundo a assessoria do Ministério Público Estadual, as investigações se concentram nos crimes de corrupção ativa e passiva, organização criminosa e fraude em licitação, envolvendo equipamentos médicos do Hospital Regional de Campo Grande.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here