Fúria: Vereador Sinval xinga e ameaça colegas durante sessão

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print

Em mais uma atuação deplorável demonstrando total falta de equilíbrio emocional para o cargo durante sessão ordinária na Câmara Municipal de Coxim na noite de terça feira (02/04), o vereador Valcide Batista dos Santos, o Sinval do PSDB, chegou ao ápice do descontrole, ameaçando o presidente da Câmara.

Tudo corria normalmente na sessão, até que na vez de Sinval na tribuna, além das costumeiras ofensas e leviandades ao prefeito e ao secretariado, mirou sua língua preta ao vereador Abílio Vanelli.

Abílio, que é de origem humilde e advogado de carreira, respeitosamente manteve sua postura de homem digno e soube esperar a hora certa de se pronunciar.

Já em sua vez na tribuna, Abílio explicou que fez um requerimento à prefeitura solicitando explicações sobre o tema, “diferentemente do que disse o vereador que só berra na tribuna”, referindo-se a Sinval, já que o mesmo toda vez que vai à tribuna, berra feito cabrito, mesmo com os microfones ligados ao sistema de som da Casa.

De pronto e descontrolado, Sinval se levantou proferindo xingamentos pesados a Abílio: “Você é um bosta! Você é um bosta!”.

O presidente da Câmara teve de intervir verbalmente e alertou Sinval: “Vereador Sinval, Vossa Excelência falou e todo mundo ouviu, vereador! Vamos respeitar”.

Enquanto Sinval, parecendo uma criança birrenta, berrava: “Vai a m…, rapaz! Eu não respeito! Eu não respeito! Manda ele me respeitar”.

Até que o presidente teve de subir o tom verbal: “Eu vou pedir pra retirar Vossa Excelência!”

AMEAÇA DE MORTE

Sinval então mirou sua fúria ao presidente, babando feito um cão raivoso: “Daqui eu não saio! Você é homi? Você é homi manda me tirá daqui. Você é homi me tira daqui. Na hora que eu saí la fora você vai ver o que você vai leva. Seja homi do saco roxo me tira daqui, seu bosta”.

Tentando conter a baixaria protagonizada por Sinval, já com vários vereadores e a própria esposa tentando contê-lo, o presidente exclamou: “Vamos tomar providências com base em nosso regimento, vereador. Vossa Excelência gosta de falar mas não gosta de ouvir. O senhor respeite quem está na tribuna!”

Nesse momento a vereadora Dinalva Mourão orienta Sinval: “Você falou o que quis falar e ninguém falou nada, Sinval”.

E Sinval, extremamente descontrolado: “Quero ver se ele é macho pra me tirar daqui de dentro. Você pode me tirar, mas em Coxim você não fica”.

“Está me ameaçando, vereador?, questionou o presidente da Câmara. Até que o presidente orientou o vereador Abílio a continuar seu pronunciamento. Abílio então preferiu trocar o termo “berrar” por “gritar” para que os estressados não se sintam ofendidos “apesar de que para mim é a mesma coisa”, disse Abílio, que continuou seu pronunciamento.

AGRESSIVIDADE COM A PRÓPRIA ESPOSA

Pela transmissão do facebook não é possível ver, mas o áudio registrado revela Sinval ainda resmungando de sua mesa, mandando a própria esposa, que tentava acalmá-lo, sair do recinto: “Vai lá pra fora, sai daqui!”

Fica a pergunta de até quando essas cenas lamentáveis de baixarias e xingamentos vão se repetir sempre protagonizadas pelos mesmo trio de vereadores propagadores de mentiras, os chamados “profetas do caos de Coxim”

Uma cidadã que assistiu a cena pela transmissão ao vivo do Facebook comentou com a reportagem: “É um absurdo esse trio de vereadores que não tem modos, não sabem se comportar adequadamente em ambientes públicos. Imagine como não deve ser na casa deles. Enquanto outro vereador está na tribuna eles ficam fazendo piadinhas como se fossem crianças e dá pra ouvir tudo pelo Facebook. Eles reclamam de caos na cidade mas quem cria o caos são eles mesmos. Só por Deus!”, disse a cidadã que preferiu não se identificar por medo de ameaças e perseguição do trio.

QUEBRA DE DECORO PARLAMENTAR

O que o vereador Sinval não deve saber é que ele transgrediu o Regimento interno da Câmara Municipal de Vereadores de Coxim, Resolução nº 4 de 1994, em seu artigo 88, podendo ser suspenso temporariamente sem remuneração e até mesmo perder o mandato devido as cenas lamentáveis protagonizadas por ele.
Decoro parlamentar é a conduta individual exemplar que se espera ser adotada pelos políticos, representantes eleitos de sua sociedade. O decoro parlamentar está descrito no regimento interno de cada casa do Congresso Nacional brasileiro

 

Print Friendly, PDF & Email
HIPER