Farmácias são autuadas por venda de produtos vencidos na Capital

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print

Também foram constatados problemas nos preços

GLAUCEA VACCARI

Duas farmácias de Campo Grande foram autuadas pelo Procon por irregularidades na venda de produtos, entre elas, itens com avarias e validade vencida. Fiscalização de rotina foi realizada na manhã desta quarta-feira (20).

De acordo com o Procon, fiscais visitaram diversas farmácias para verificar se os produtos estavam regulares e se obrigações específicas do ramo farmacêutico estão sendo cumpridas, como informar em placas sobre farmacêutico responsável e horário de trabalho, licença ou alvará sanitário, se há lista de medicamentos genéricos, lista atualizada com a identificação dos estabelecimentos públicos de saúde mais próximos e se havia farmacêutico durante a fiscalização.

Irregularidades foram encontradas em duas farmácias de diferentes redes. Principais problemas encontrados foram produtos sem preço, produtos sem preços, precificação por meio de código ou unicamente por meio de código de barras e não ostensiva e dois preços para o mesmo produto.

Além disso, havia itens à venda com avarias e validade vencida, apagada ou borrada ou sem informação de validade, o que gerar graves danos à saúde do consumidor.

Os produtos foram descartados e as empresas autuadas. Segundo o Procon, a operação de fiscalização continuará em outras regiões da cidade durante a semana.

Print Friendly, PDF & Email
HIPER