Estado leva asfalto novo para quatro bairros de Ivinhema

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print

As obras de infraestrutura urbana que o Governo do Estado executa em Ivinhema estão mudando a paisagem da cidade e transformando para melhor a vida das pessoas. O vermelho do barro tem dado lugar ao preto do asfalto em várias ruas dos bairros Água Azul, Guiraí, Itapoã e Vitória. E a população tem aprovado a melhoria.

“Asfalto aqui no bairro Água Azul vai melhorar 100%. Nesse tempo de calor tem muita poeira. Aí quando chove vai barro para todos os lados. Fica difícil até sair de casa”, diz a dona de Casa Elaine da Silva, de 31 anos, que mora na Rua Maria José de Souza Santos.

Vizinha de frente de Elaine, Daniele da Silva Rosa, 27, também está feliz com a obra de pavimentação. “Vai ficar muito bom. No começo não acreditei, mas agora vejo que vai melhorar muito nossa vida”, explica a mulher que vive no mesmo endereço há pelo menos sete anos.

Maquinários preparam o solo em várias ruas do Água Azul para depois colocar o asfalto. No mesmo contrato de pavimentação e drenagem firmado com o Governo do Estado, a empresa S&A Construções executa melhorias no Guiraí, Itapoã e Vitória. São investidos quase R$ 3 milhões nos quatro bairros.

As obras estão 45% concluídas. No Itapoã, por exemplo, a Rua Dois já foi asfaltada e está com sinalizações vertical e horizontal. “Tem mais ou menos três meses que finalizaram o asfalto. Melhorou muito. Tinha muita poeira. Chovia e escorria muita água. Agora está melhor”, conta a trabalhadora rural Sidneia Aparecida Rodrigues, 44.

vinhema ainda conta com importantes investimentos do Governo do Estado na área do saneamento. Em janeiro deste ano, quando esteve na cidade para inaugurar R$ 1,6 milhão em obras de infraestrutura urbana, o governador Reinaldo Azambuja autorizou investimentos em sistemas de esgoto.

Para o futuro, Ivinhema tem a certeza de novos empreendimentos. O Estado trabalha em dois processos licitatórios para obras  na cidade. O primeiro é de drenagem de águas pluviais na Avenida Joaquim Bernardes dos Santos e adjacências, com investimento estimado de R$ 1,2 milhão. O segundo é para construção de rede de drenagem com contenção de processo erosivo no distrito de Amandina, que deve custar R$ 3,1 milhões.

IMPACTO MS

Print Friendly, PDF & Email
HIPER