Em vídeo, prefeito de Chapecó diz que lockdown reduziu mortes na cidade

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print

Apesar do consenso das principais autoridades em saúde do mundo de que não existe tratamento precoce contra a covid-19, o presidente Jair Bolsonaro voltou a defender esse tipo de estratégia ineficaz para combater a pandemia. Por causa disso, tomou como exemplo a cidade de Chapecó, em Santa Catarina. Ontem, postou vídeo nas redes sociais em que o prefeito do município catarinense atribui ao tratamento precoce uma suposta redução drástica do número de mortes. A afirmação de João Rodrigues (PSD), chefe do Executivo de Chapecó, no entanto, contradiz outro vídeo feito por ele próprio. Depois de medidas restritivas anunciadas no dia 22 de março, Rodrigues fez na quinta-feira, 1º, imagen… – Veja mais em https://noticias.uol.com.br/colunas/chico-alves/2021/04/06/cidade-que-bolsonaro-vai-visitar-chapeco-usou-lockdown-contra-covid-19.htm?cmpid=copiaecola

REPORTAGEM

Em vídeo, prefeito de Chapecó diz que lockdown reduziu mortes na cidade

João Rodrigues, prefeito de Chapecó - Reprodução de vídeo
João Rodrigues, prefeito de ChapecóImagem: Reprodução de vídeo

Chico Alves

Colunista do UOL

06/04/2021 04h00

Apesar do consenso das principais autoridades em saúde do mundo de que não existe tratamento precoce contra a covid-19, o presidente Jair Bolsonaro voltou a defender esse tipo de estratégia ineficaz para combater a pandemia. Por causa disso, tomou como exemplo a cidade de Chapecó, em Santa Catarina. Ontem, postou vídeo nas redes sociais em que o prefeito do município catarinense atribui ao tratamento precoce uma suposta redução drástica do número de mortes.

A afirmação de João Rodrigues (PSD), chefe do Executivo de Chapecó, no entanto, contradiz outro vídeo feito por ele próprio. Depois de medidas restritivas anunciadas no dia 22 de março, Rodrigues fez na quinta-feira, 1º, imagens de uma enfermaria sem pacientes.

REPORTAGEM

Em vídeo, prefeito de Chapecó diz que lockdown reduziu mortes na cidade

João Rodrigues, prefeito de Chapecó - Reprodução de vídeo
João Rodrigues, prefeito de ChapecóImagem: Reprodução de vídeo

Chico Alves

Colunista do UOL

06/04/2021 04h00

Apesar do consenso das principais autoridades em saúde do mundo de que não existe tratamento precoce contra a covid-19, o presidente Jair Bolsonaro voltou a defender esse tipo de estratégia ineficaz para combater a pandemia. Por causa disso, tomou como exemplo a cidade de Chapecó, em Santa Catarina. Ontem, postou vídeo nas redes sociais em que o prefeito do município catarinense atribui ao tratamento precoce uma suposta redução drástica do número de mortes.

A afirmação de João Rodrigues (PSD), chefe do Executivo de Chapecó, no entanto, contradiz outro vídeo feito por ele próprio. Depois de medidas restritivas anunciadas no dia 22 de março, Rodrigues fez na quinta-feira, 1º, imagens de uma enfermaria sem pacientes.

Como se sabe, Bolsonaro é contrário a qualquer tipo de lockdown, mesmo com os especialistas em epidemiologia repetindo várias vezes que essa é a única forma de evitar a circulação do vírus, enquanto a vacinação não atinge um número de pessoas satisfatório. O presidente tem viagem marcada amanhã para Chapecó, em companhia do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

 

 

 

Print Friendly, PDF & Email
HIPER