Eleição da presidência da Câmara de vereadores de Coxim está indefinida: 3 candidatos na disputa

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print

A disputa pela presidência da Câmara Municipal de Coxim deverá se concentrar entre 3 candidatos ao cargo.

Vereador Ademir Ferreira da Silva (PETECA), eleito com 280 votos pelo Solidariedade. Carlos Henrique Ferreira da Silva, eleito com 408 votos pelo MDB e Willian Meira, eleito com 504 votos pelo PSDB.

Os comentários nos quatro cantos da cidade, é que o vereador Carlos Henrique, sai na frente nesta disputa em relação aos seus adversários, em razão de que, dos 13 vereadores, 07 já estão certos que apoiam o seu nome.

O vereador Willian, está a procura de apoio dos vereadores novatos para tentar a disputa.

Acontece que os novos vereadores eleitos pela primeira vez, considerados os novatos, e três deles considerados a surpresas das eleições de 2020, são eles Zanon, Jeferson e Ângelo Gari. Esses vereadores com mais 3 vereadores podem caminhar com o vereador Peteca.

Guerra interna

Nos bastidores, se a briga entres os três candidatos continuar, pode surgir um nome de consenso que poderá ser o vereador reeleito Abilio Vaneli  (PT).

Foi lembrado também o nome da vereadora eleita Adriana Nabhan, que ao ser convidada por um grupo de vereadores, já descartou essa possibilidade. “Quero ser apenas vereadora sem nenhum cargo da mesa diretora, quero sim, participar de comissões parlamentares que possam favorecer o nosso povo, vamos deixar este cargo de presidente para daqui 2 anos, quem sabe”. Declarou Adriana Nabhan.

Mesmo assim a vereadora Adriana Nabhan, não declarou o seu voto.

O prefeito eleito Edilson Magro (DEM), ainda não se manifestou a sua preferência em quem ele quer como presidente. Algumas pessoas mais próximas, dizem que ele torce pelo vereador Peteca.

Hoje o eleitorado coxinense está completamente diferente e quer ver o trabalho dos vereadores na ponta, não apenas em seus gabinetes e no plenário. Ou seja, com as redes sociais, eles [eleitores] estão mais exigentes e querem ver se, de fato, o parlamentar está fazendo algo que afete de forma positiva a vida deles. Portanto, esses sinais das urnas devem servir de alerta para os vereadores mais velhos, bem como, para os de primeiro mandato.

 

Print Friendly, PDF & Email
HIPER
posto