Dedo Podre: diretor do Detran em MS é preso por envolvimento em esquema de fraude em CNH

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print

Investigações apontaram que grupo transferia pontos de uma CNH para outra

Maressa Mendonça

O diretor do Detran em Selvíria foi preso, na manhã desta quinta-feira (1º), durante uma operação da Polícia Civil que investiga esquema criminoso de transferência de pontos e renovação de CNH de forma ilícita. As ações ocorreram também em Dracena e Ilha Solteira (SP).

Conforme as informações divulgadas pelo G1, o grupo estava sendo investigado há um ano e meio. O esquema funcionava assim: os criminosos realizavam transferências ilícitas mediante pagamento de propina de CNH’s de condutores de veículos residentes no Estado de São Paulo para o Estado do Mato Grosso do Sul, assim eles escapavam do cumprimento de penalidades administrativas já impostas ou em vias de sê-lo, em decorrência de autuações e penalidades de trânsito por eles praticadas.

Durante os trabalhos, a Polícia Civil identificou 187 condutores de veículos, moradores de Dracena e região, sendo que ao menos 107 destes – com CNH’s suspensas ou cassadas ou com outras penalidades administrativas – pagaram propina ao grupo e transferiram ilicitamente a habilitação para o Estado do Mato Grosso do Sul.

Na ocasião, por orientação do grupo criminoso, o condutor do veículo declarava endereço falso no Estado vizinho, com o intuito de dar uma aparência lícita na transferência efetuada.

Conforme apurado pela polícia, a associação criminosa movimentou aproximadamente de R$ 200 mil a título de suborno.

A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa do Detran e aguarda resposta sobre o caso.

Print Friendly, PDF & Email
HIPER