Bolsonaro é ‘especial’ e ‘muito amado pelo povo’, diz Trump em encontro

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print

A reunião bilateral entre Jair Bolsonaro e o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, nesta sexta-feira, 28, em Osaka, no Japão, foi marcada por uma intensa troca de elogios. “Ele é um homem especial, está muito bem, muito amado pelo povo do Brasil”, declarou Trump.

Ver imagem no Twitter Jair Bolsonaro pode ser um raro aliado para Trump em uma reunião do G20 que pode ser uma das mais conturbadas em vários anos, com as disputas sobre comércio, a mudança climática e as tensões no Oriente Médio na agenda.

Como Trump, Bolsonaro é considerado um cético da mudança climática. O brasileiro também segue o modelo do presidente americano de uso intenso das redes sociais.

No G20, os dois presidentes também voltaram a tratar da crise com a Venezuela e da entrada do Brasil na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

O americano mencionou a possibilidade de aumentar sanções ao governo venezuelano de Nicolás Maduro e destacou a importância do apoio brasileiro na questão.

Trump também reiterou o apoio para que o Brasil ingresse como novo membro da OCDE. Em contrapartida, o governo brasileiro concordou em abrir mão de vantagens comerciais na Organização Mundial do Comercial (OMC).

Presente na cúpula do G20, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) postou no Twitter uma foto ao lado do pai e de Donald Trump. Eduardo comemorou a troca de elogios entre os dois presidentes e afirmou que o “sentimento” seguirá em 2020, quando Trump tenta sua reeleição.

(Com Reuters e AFP)

 

Print Friendly, PDF & Email
HIPER