Bernal lamenta saída de Valdir Gomes, mas minimiza desgaste no PP

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print

Presidente do diretório, ele enfatiza que está trabalhando no preparo da legenda para ter candidato a prefeito em Campo Grande e outros municípios importantes

Presidente regional do PP, Alcides Bernal disse lamentar a saída do vereador Valdir Gomes do partido, mas preferiu não comentar a insatisfação de lideranças progressistas com seu comando limitando-se a dizer que está preparando a legenda para as eleições de 2020.

Na manhã desta terça-feira (26), Valdir Gomes informou que iria antecipar sua desfiliação, sob a alegação de estar sofrendo pressão de Bernal que, segundo ele, chegou a enviar mensagens dizendo que iria buscar sua saída. Questionado se enviou mensagens pedindo a desfiliação do vereador, Bernal não respondeu e desconversou dizendo existirem assuntos mais importantes a serem tratados, como o combate à dengue.

Sobre a saída, ele disse lamentar pois Valdir se elegeu pelo partido e pertenceu à sua equipe em cargo de confiança. “Ele é um bom vereador e uma boa pessoa, mas já disse que vai sair do PP. A gente tem que respeitar a decisão que ele tomou e me comunicou, só falta formalizar”, declarou.

Briga interna

Integrantes do PP inconformados com a saída do vereador prometeram ir a Brasília na próxima semana conversar com a direção nacional pedindo organização do diretório em MS. Mesmo assim, Bernal preferiu se manifestar sobre o desgaste interno do partido.

Presidente do diretório, ele enfatiza que está trabalhando no preparo da legenda para ter candidato a prefeito em Campo Grande e outros municípios importantes. “Posso dizer que o partido tem excelentes quadros. Evander [Vendramini] para prefeito em Corumbá; Gerson [Claro] em Sidrolândia; teremos candidatos em Três Lagoas; candidato em Coxim etc. [sic]”, completou.

Print Friendly, PDF & Email
HIPER