Bancada de MS terá cinco parlamentares na base aliada do presidente Bolsonaro

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print

Dois deputados e uma senadora são do mesmo partido do capitão da reserva do Exército

Thiago de Souza

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) contará com pelo menos cinco parlamentares de Mato Grosso do Sul em sua base de apoio, em 2019. Os outros seis congressistas atuarão de forma independente ou oposição.

Na Câmara dos Deputados, o capitão do Exército terá apoio de Tio Trutis e Luiz Ovando, ambos do (PSL). Além de ser da mesma legenda do presidente, Trutis se colocou em toda a campanha como candidato de Jair Bolsonaro e teve 56 mil votos.

A democrata reeleita, Tereza Cristina Correa da Costa, foi uma das primeiras a anunciar apoio a Bolsonaro. Ligada ao agronegócio, a pecuarista é presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária e inclusive é uma das pessoas cotadas para assumir o Ministério da Agricultura.

O deputado Fábio Trad (PSD), também reeleito, vai manter postura independente. O mesmo fará o novato no parlamento federal, Beto Pereira (PSDB).

Na oposição estarão os reeleitos, Dagoberto Nogueira (PDT) e Vander Loubet, o único petista de MS no Congresso.

Rose Modesto não respondeu aos questionamentos do TopMídiaNews.

Soraya foi eleita com a força do nome Bolsonaro em MS. (Foto: André de Abreu)

Senado

Soraya Thronicke (PSL) ficou em segundo lugar na disputa pelo Senado Federal. Assim como Tio Trutis, ela foi eleita com a força do nome Bolsonaro.

Nelson Trad Filho (PTB), o mais votado para a Casa Alta, acha que Bolsonaro representa o melhor para o país neste momento. A senadora Simone Tebet foi avisada do questionamento, mas não retornou para falar de seu posicionamento em relação ao novo presidente.

Print Friendly, PDF & Email
HIPER