Assis diz que impasse no PSDB acaba no fim deste mês

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print

Impasse entre Rose Modesto e Beto Pereira tem preocupado lideranças do PSDB

O articulador político e assessor especial do Governo do Estado, Carlos Alberto Assis, disse que o impasse entre os deputados federais Rose Modesto e Beto Pereira sobre a presidência do PSDB em Mato Grosso do Sul deve ser resolvido até o fim de março para que não seja necessária uma intervenção da direção do partido.

A situação no ninho tucano tem preocupado os integrantes do partido. O atual presidente, Beto Pereira, quer continuar no cargo alegando que fez um bom trabalho com a reeleição de Reinaldo Azambuja (PSDB) ao governo do Estado e também com o aumento da bancada tucana na Câmara dos Deputados.

Rose Modesto alega que já recebeu um não do ninho tucano em 2017 quando colocou o nome à disposição para presidir a sigla, porém em consenso cedeu para que Beto assumisse o posto e caso houvesse uma intervenção ela entenderia como um segundo não do diretório.

Sem a possibilidade de um consenso em 2019, está sendo cogitada a hipótese do governador Azambuja, ser o presidente da agremiação.

*Yarima Mecchi.

Print Friendly, PDF & Email
HIPER