Após denúncia feita pelo SITE INTEGRAÇÂOMS da Empresa de Contabilidade Imdico vereador Abilio solicita ao Tribunal de Contas de MS faça uma fiscalização

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print

O Site IntegraçãoMS, disse em matéria anterior, que a empresa que ganhou uma licitação de assessoria de contabilidade tem denúncias de irregularidade em 10 prefeitura de MS.

Vereador Abilio Vaneli, usou a Tribuna da Câmara nesta terça-feira (02) para questionar contrato de consultoria da prefeitura de Coxim e diz que vai solicitar com outros colegas vereadores que o Tribunal de Contas faça uma fiscalização.

Segundo o vereador há Indícios de direcionamento da licitação, violação à Lei Complementar Nº.  173/2020, aumento de despesas sem justificativas durante a pandemia, violação à Lei Ordinária N° 1.814/2018, de 05/12/2018, indícios de Terceirização de atividade-fim e Indícios de contratação de empresa inidônea.

A empresa IMDICO está sendo contratada por 30 mil reais mensais para prestar serviços de assessoria contábil e administrativa para o município de Coxim pela atual gestão. Que em um ano vai retirar do cofre público, 360 mil reais. Sem estabelecer sua sede em Coxim, assessoria será feita em Campo Grande virtualmente pelo WhatsApp.

Os vereadores Marcinho, Carlos Henrique e Marli Nogueira, também assinaram junto com Abilio a solicitação ao Tribunal de Contas para dar um parecer.

Hoje pela manhã (03), os vereadores Abilio, Marcinho e Carlos Henrique, protocolaram no Tribunal de Contas o pedido de fiscalizar a empresa IMDICO junto a prefeitura de Coxim de um contrato de 360 Mil por ano, empresa esta que pode estar envolvido em vários processos de irregularidade.

Ainda, o Diretor da Empresa Imdico é Secretário do desenvolvimento Econômico da prefeitura de Campo Grande, Senhor Herbert Assunção.

Doc1

Print Friendly, PDF & Email
HIPER