Após 26 anos, Rio Formoso volta a receber disputa de canoagem

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print

Trecho do curso d’água recebe pelo menos 50 competidores para primeira etapa do Estadual

JONES MÁRIO

O Rio Formoso, em Bonito, volta a ser cenário de uma competição de canoagem, depois de 26 anos. O principal curso d’água da cidade recebe, neste fim de semana, a primeira etapa do Campeonato Estadual.

Famoso pelas águas cristalinas e propícias para as atividades de ecoturismo, o Rio Formoso fazia parte do extinto Rally Brasileiro de canoagem, conforme conta o presidente da Federação Estadual da modalidade, Rafael Girotto.

“O último foi em 1993. Vinham atletas do Brasil todo disputar o Rally em Bonito. Desde então, não teve mais nenhum evento de canoagem no Rio Formoso. Esse trajeto faz parte desse antigo Rally”.

O percurso da prova tem aproximadamente 2 quilômetros, com uma série de corredeiras pelo caminho e nível de dificuldade médio. Os atletas descem o rio um de cada vez e ganha quem levar menos tempo para terminar o circuito.

A etapa contempla apenas a canoagem descida, em que o competidor deve demonstrar controle sobre seu barco em águas rápidas enquanto percorre uma pista pré-definida. A disputa envolve as categorias turismo, feminino (open e master), K1 (sênior, master e super master) e junior.

Pelo menos 50 canoístas do Estado são esperados para a competição. Atletas convidados do Paraná, Rio de Janeiro e Santa Catarina também confirmaram presença.

Entre os inscritos estão os convocados para a seleção brasileira Rafael Girotto, Daniel Hayashi, Bárbara Marinho e Pedro Henrique Moura Ávila, todos de Mato Grosso do Sul. Os três primeiros foram chamados para o Mundial sênior, que será realizado na cidade de La Seu D’Urgell, na Espanha, em setembro. O último foi indicado para representar o País no Mundial junior, em Banja Luka, na Bósnia-Herzegovina, em julho.

As disputas em Bonito ainda servem de preparação para o Campeonato Brasileiro de canoagem descida. A primeira etapa está marcada para abril, em Ibitirama, no Espírito
Santo.

MEIO AMBIENTE

Segundo Girotto, a federação pretende manter o Rio Formoso no calendário anual de competições de canoagem. A entidade ainda quer trazer um evento nacional da modalidade para o curso d’água
de Bonito.

“Juntamente com o evento, levantar a bandeira de preservação das nossas águas, do ecossistema, que a canoagem sempre levantou. Fomentar a parte esportiva e também a parte ecológica, de preservação ambiental”, completa.

Print Friendly, PDF & Email
HIPER