Fundo de equilíbrio fiscal atraiu 638 empresas no Estado

0
18

Adesão de estabelecimentos superou expectativa do governo

O Fundo de Apoio ao Desenvolvimento e Equilíbrio Fiscal do Estado (Fadefe) atraiu 638 indústrias em Mato Grosso do Sul. O prazo de adesão encerrou-se no dia 31 de dezembro. De acordo com Bruno Gouveia Bastos, superintendente de Indústria, Comércio, Serviços e Turismo do Estado, o índice de adesão superou as expectativas.

O governo do Estado estima que 1,2 mil Termos de Acordo de Regime Especial (Tares) foram concedidos a empresas. No entanto, o total de empresas que utilizam o incentivo fiscal seria de 800, conforme estimativa da Semagro.

“Nós calculamos em torno de 800 empresas incentivadas pelo governo do Estado por meio de Termos de Acordo de Regime Especial [Tare] ou decretos. Com isso, tivemos uma adesão de quase 80%, o que é surpreendente”, destacou.

Desse total de empreendimentos inscritos no programa, 476 indústrias já enviaram as informações necessárias para a análise. O restante tem até o fim deste mês para concluir essa etapa.

“Pelo decreto, a adesão encerrou-se no dia 31 de dezembro. Então, não se pode mais entrar no sistema. Mas,  aquele empresário que optou pela adesão pode enviar as informações até o dia 31 de janeiro para fornecer as informações”.

Os dados visam, principalmente, provar que as empresas incentivadas pelo governo do Estado estão cumprindo as contrapartidas previstas nos termos de acordo.

Por Renata Prandini.

DEIXE UMA RESPOSTA