“Espelho, espelho meu, há uma pessoa mais irritante do que eu”.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print

Falta de respeito não é novidade para um agente político de MS.

Sem controle, só fala gritando ou berrando em tom bem irritante. Tudo que sua assessória combina com ele (a) para ajudar a fazer um bom discurso e produtivo, sem ofensa, sem gritos, sem cometer nenhum “Bafão”, ele não cumpre, é só ver uma platéia que esquece tudo que foi ensinado e começa a querer se aparecer.

“Vamos evitar conflitos / o bom cabrito não berra”

O Agente politico deveria ouvir o Zeca Pagodinho.

 

Print Friendly, PDF & Email
HIPER