Eleitorado confuso entre gestor experiente e ‘xerife’ para governo

0
180

Para Antonio João, existe nítida divisão das pessoas sobre perfil do futuro governador

DA REDAÇÃO

Último levantamento do Instituto de Pesquisas de Mato Grosso do Sul (Ipems), divulgado pelo jornal Correio do Estado, mostra o eleitorado confuso em relação aos nomes apresentados até o momento para a vaga de governador.

De um lado estão aqueles que dão preferência ao “gestor experiente”, do outro, os eleitores que preferem radicalizar, apostando na imagem de um “xerife” para comandar o Estado.

Se as eleições fossem hoje, o ex-governador André Puccinelli (PMDB) e o ex-juiz federal Odilon de Oliveira disputariam o segundo turno.

No confronto direto, conforme a última pesquisa, Puccinelli é o preferido de 36,84% dos eleitores, seguido por Odilon, com 29,72%.

Para o ex-senador Antonio João Hugo Rodrigues, é nítida a divisão entre aqueles que votariam em um “bom gestor” e os que prefeririam um “xerife”.

“As pessoas estão divididas, algumas querem André Puccinelli como governador justamente porque ele fez uma boa gestão, e outras estão mais interessadas em ter a imagem de um xerife no comando do governo estadual”, opinou.

Segundo ele, a figura do juiz é vista por muitas pessoas como aquele que poderia “consertar o estrago que se encontra o Estado”.

Mas, na verdade, a situação atual do governo de Reinaldo Azambuja (PSDB), de acordo com Antonio João, é apenas decorrência do cenário nacional.

“Na verdade, o governo estadual pode até ser culpado por alguma coisa, mas a crise econômica do País foi mais pesada do que tudo e acabou gerando uma situação difícil para todos os Estados”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here