Após a posse, G-10 promete brigar para controlar todas as comissões

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print

O grupo de 10 deputados será transformado oficialmente em bloco para se tornar maior bancada

Depois da posse dos 24 deputados estaduais, o G-10 vai requerer à mesa diretora da Assembleia Legislativa a transformação do grupo em bloco e, como sendo maior bancada, brigará para controlar todas as comissões permanentes. A ideia é colocar um representante para presidir as comissões mais importantes. O alvo maior é a de Constituição e Justiça, a mais importante do Poder Legislativo.

“O G-10 é a maior bancada da Casa, então, vamos ter o direito de participar de todas as comissões”, afirmou o Coronel David (PSL). Na próxima semana, o bloco deverá eleger o líder para conduzir as negociações da composição das comissões permanentes da Assembleia Legislativa.

O grupo dos 10 deputados foi criado para disputar a primeira secretaria da mesa diretora, segundo cargo de maior relevância. Mas não houve acordo e Zé Teixeira (DEM) foi reconduzido por 23 votos. Em compensação, o grupo assumiu três cargos – segunda e terceira vice-presidência, bem como a segunda secretaria.

Não satisfeito, o G-10, que será bloco, quer mais espaço na Assembleia assumindo o controle das comissões. O deputado Herculano Borges (Solidariedade) defendeu o direito de o G-10 comandar as comissões permanentes. Ele é um dos candidatos a presidente da Comissão de Educação e Esporte.

*Adilson Trindade, Izabela Jornada e Renata Volpe Haddad.

Print Friendly, PDF & Email
HIPER