Defesa Civil é encaminhada para avaliar estragos da chuva em Porto Murtinho

0
16
Foto: MS Notícias

Conforme a prefeitura, 63 pessoas estão desabrigadas e cerca de 300 moradores desalojados

Diana Christie

O coordenador estadual de Defesa Civil, coronel Isaías Bittencourt, foi enviado pelo governo, na manhã desta quinta-feira (28), para Porto Murtinho. Ele deverá fazer um levantamento dos estragos provocados pela chuva, que deixou 63 pessoas desabrigadas e cerca de 300 moradores desalojados.

Ontem (27), o prefeito Derley Delevatti  (PSDB) decretou situação de emergência no município. “A Defesa Civil vai fazer o levantamento para que o atendimento às famílias desabrigadas seja feito rapidamente. A nossa preocupação é para que essas pessoas não fiquem desamparadas, nesse momento em que tiveram que deixar suas casas por causa da chuva”, afirmou o governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

De acordo com o prefeito, choveu 340 milímetros de quinta a segunda-feira, o que provocou o alagamento de parte do bairro Cohab. A água tomou conta completamente de 76 casas. As 63 pessoas desabrigadas estão sendo atendidas pela prefeitura no Centro de Múltiplo Uso. Os desalojados foram para casas de parentes.

Segundo o governo, Delevatti disse que a chuva deu uma trégua desde ontem e as águas começaram a baixar. Mesmo assim, os moradores estão sendo orientados a não voltarem para suas casas ainda, já que a previsão é ocorrência de chuva na região até o próximo dia 3.

Acompanha o trabalho da Defesa Civil os deputados federais Zeca do PT e Vander Loubet (PT), além do secretário de Estado de Administração e Desburocratização, Carlos Alberto de Assis, que foi representando o governador.

DEIXE UMA RESPOSTA